Related posts

  • WelldonE

    Obrigado, Fred. Foi aqui contigo que eu pude ter VIDA novamente. Eu passei 10 a 12 anos da minha vida sem saber que estava em depressão durante todo esse tempo, pois fiquei indo da igreja e do trabalho para casa e me aterrava nos jogos aqui no PC Gamer que comprei justamente para me isolar. Essa Exclusão Social também me pôs numa Zona de Conforto onde me fez adquirir vários maus hábitos e corromperam meus bons costumes. Desistir fácil, não conseguir me dedicar ou esforçar para nada além de me divertir assistindo, lendo e jogando. Enfim, acabei perdendo o Sentido da Vida e claro, o Amor Próprio. Por passar todos esses anos sem estudar, pois eu desde meus 16 a 17 anos, não sabia o que queria para vida ou em que me especializar e nisso, eu também já não conseguia corresponder aos meus amigos na roda e me via como um cara vazio, sem conteúdo algum para contribuir para ninguém e nem para a sociedade. E aí, só foi terminar os estudos pelo supletivo e pronto. Dos meus 16 a 17 para cá, meus 27 anos. Vim ter o primeiro relacionamento sério a cerca de 4 meses atrás, que durou também quase 4 meses. E depois do término, foi aí que tomei um choque e percebi que havia alguma coisa de errada comigo. E nisso, fui descobrindo aos poucos e como sou cristão, fui pedindo orientação e direção a Deus e também, consegui achar o teu site e foi onde tudo começou a fazer Sentido. E eu fui me desprendendo e me libertando de tudo que aprisionava a minha mente. Como ser “bonzinho” e agradar os outros e dizer não pra mim mesmo e assim, fui ficando amargurado com o passar do tempo, outra coisa que me fez desencadear a depressão logo na adolescência, eu acho. Tímido ou mesmo, por ser autocritico demais ou julgar muito a mim mesmo, se formos pelo horoscopo que sou Sol e Ascendente em Virgem. Perfeccionista e Detalhista e isso que falei antes, aí pronto. Eu a vida inteira estive mantendo aquela “Reputação” imaginaria que você falou. E o que mais me aflige hoje em dia, mas hoje mesmo eu me senti completamente LIVRE, haha. É justamente não conseguir me libertar e sempre fica voltando e já entendi um pouco ou completamente o porquê disso. Que é o achar/pensar das pessoas sobre mim, ou de mim pensando isso delas. E aí é como se eu ficasse sem asas ou perdesse as mesmas e não conseguisse aproveitar os momentos e nem sentir a VIDA e ser normal como quase todo mundo, totalmente LIVRE e nem aí pros que os outros pensam deles e estão vivendo sua vida numa boa. Mas no meu caso, é mais por eu me ver com uma idade mais avançada e querendo ser que eu não posso. Infelizmente, eu tenho que aceitar que eu não tenho a maturidade emocional equivalente para a minha idade atual de 28 anos, justamente por não ter me relacionado com ninguém antes e ter passado por Paixão e Amor para acordar para a verdadeira vida. E nisso, eu estagnei aos meus 16 a 17 anos e não pude romper a barreira para a maioridade. E aí, eu as vezes, fico em dúvida se é para eu estar entre os jovens ou adultos. Mas aí, como eu parei de estudar e durante todos esses anos eu fiquei como se tivesse com o cérebro pifado e desaprendi até mesmo a viver. A ansiedade estava vindo forte quando eu ficava/fico pensando que eu vou ter que me desenvolver em todas essas áreas que não fui capaz de evoluir durante todos esses anos que passei isolado. Mas já passou graças a Palavra de Deus, pois eu tinha que firmar minha mente em algo. E não tem nada melhor que a Rocha Eterna que é Jesus Cristo. Teve um dia que conversando com um amigo meu, eu me senti COMPLETAMENTE e TOTALMENTE LIVRE quando voltando para casa escutei uma música de Catedral após as palavras dele e aí, eu SENTI a VIDA como NUNCA antes. Parecia até mesmo coisa de outro mundo, como se eu fosse um Ancião. Absorvendo toda energia dos céus e da terra, haha. Senti vida e vida em abundância como nunca nesses 28 anos de vida. E foi quando eu escutei Amo Mais Você de Catedral, que fui ao mundo da Lua. Pois, eu finalmente pude SENTIR e TER SENTIMENTOS ou liberar os meus sentimentos por ela, minha ex namorada a qual já tinha acabado cerca de 1 mês e pouco. Só que mesmo sabendo que eu ia sofrer por amor não correspondido, eu decidi ceder aquele sentimento maravilhoso que nunca tinha sentido na vida inteira. Só que ela já tinha me dito que NUNCA mais queria nada comigo e endureceu seu coração para comigo. Eu sempre quis ser amado, e quando fui eu não pude retribuir e nem ser reciproco, ela passou a se sentir sozinha com o passar do tempo, que foi revelando que eu era seco e não tinha sentimento, pelo menos era o que eu pensava e não sabia o porquê disso, somente depois de ver os teus vídeos e ver alguns textos que fui me libertando de tudo. Mas infelizmente foi tarde demais. Sei que ao menos foi para esse propósito maior, que foi eu pegar de volta a minha VIDA. Deus sabe de todas as coisas, Ele é fiel. Agora eu só tenho que praticar mais sobre não dar a mínima ou não ligar para o que os outros pensam ou acham de mim, ou me achar inferior e assim, correr e voar por aí me sentindo completamente livre e com vida. Pois, é como se eu nunca tivesse existido durante todos esses anos, ou mesmo, toda a minha vida.

    “Ela me levou embora todos esses anos E é como se eu nunca tivesse existido” | “Sentir e não poder transbordar é terrível!” | “Sentimento de Rejeição é pior do que o de morte”

    Cada passo que dei desatento
    Cada vez que corri sem ter paz
    Quantas vezes quebrado por dentro
    Quantas idas me restam mais

    Se eu conhecesse o eco
    Das escolhas que eu fiz
    As cicatrizes hoje não seriam assim
    Mas o que eu aprendi em cada dor que eu vivi
    Não muda o passado, mas revela o fim

    Teu amor me refaz
    E as marcas do tempo não sangram mais

    Enfim, muito obrigado Fred. Você foi um instrumento de Deus para salvar a minha vida, que Ele continue te abençoando muito, tá?! Você é merecedor da Graça e Misericórdia dEle, não tenha dúvida alguma disso. Gratidão acima de tudo! O amor é o sentido da vida, é tudo relacionado a amar. Os dois primeiros mandamentos e até mesmo o último que Jesus deixou. E ele também disse: Se devemos dever algo, que seja apenas o amor.