Por que o seio nu na amamentação causa tanto desconforto?

* Por Josi Bessa, nutricionista

Há algum tempo a polêmica que surgi em torno da amamentação me deixa curiosa, pois como um ato que visa alimentar o bebê e fortalecer o vínculo entre mãe-filho (a) pode causar tanto desconforto?
E eis que eu me deparo com comerciais de carro, cerveja, futebol exibindo a corpo da mulher de maneira sexualizada em qualquer horário do dia e ninguém se incomoda com isso. Então será mesmo que é a nudez que incomoda ou o contexto que ela está que causa o desconforto?

É para a amamentação ou para prazer sexual?

A biologia não considera o seio um órgão sexual já que ele não está envolvido com a reprodução, apesar de ele ganhar uma conotação sexual para os humanos (não tem nada de errado com isso. Ok?) a sua função principal é produzir o leite que servirá de alimento para o bebê.
Então Josi, basta as pessoas terem consciência de que o aleitamento materno não tem nenhuma conotação sexual e o problema está resolvido.
Queria muito que fosse apenas isso, mas não é tão fácil assim.
Lembra que falei que corpo feminino é exposto de maneira sexualizada na mídia, principalmente nos comerciais direcionados ao público masculino?

Quem lava o carro de salto, gente?

A ideia básica de comerciais como esse é: tenha esse carro e ganhe as mulheres. Como se as mulheres fossem objetos e seres sem vontade própria.
E agora começa o tal desconforto com a amamentação.
Se o corpo feminino está a serviço do prazer masculino como o seio pode estar sendo utilizado num contexto completamente diferente?

A confusão está feita! Os homens não admitem que algo que ele olha com desejo esteja sendo oferecido para uma criança tão inocente e algumas mulheres concordam com a ideia dos homens e apoiam que a amamentação não deve ocorrer em público e caso a criança esteja com fome num momento que a mãe esteja na rua o conselho é: se dirigir ao banheiro mais próximo ou cobrir o seio e o rosto da criança com um pano.

O problema desse conselho é que banheiro não é local higiênico para realizar refeição e cobrir o rosto da criança quebra o momento olho-a-olho que acontece entre mãe e a criança (momento este que possibilita a maior produção de oxitocina (hormônio do amor) que provoca a maior produção de leite), além de deixar a mãe estressada e numa situação constrangedora.

Precisamos entender que o corpo feminino não está serviço dos homens e que o aleitamento materno é um direito do bebê que todos devem lutar para assegurar oferecendo apoio à mãe para que ela consiga realizar essa tarefa tão importante, afinal a amamentação não precisa acontecer em locais privados.

Precisamos entender também que NÃO há conotação sexual na amamentação. O seio como outros órgãos podem executar uma determinada função e ter uma conotação sexual em momentos completamente diferentes e sem associação, por exemplo, o pé que para algumas pessoas é sexy, mas sua função básica é possibilitar o movimento e sustentação do corpo.

Então, vamos começar fazer a separação das coisas como elas são de verdade?
Os bebês e mamães agradecem!

PS: o leite materno oferece todos os nutrientes necessários até o bebê até 6 meses, formação adequada dos dentes, fortalecimento dos músculos da face, para a mãe previne câncer de mama e ovário, evita sangramentos no pós-parto e evita gastos.
Beijos e até a próxima!

_________

*Joseane Bessa – Sonhadora, nutricionista e determinada. Negra, crespa, paulistana com coração de baiana, fascinada com a interação da psicologia e da nutrição. Ama comer e é apaixonada por bolo de prestígio. Escreve no seu blog www.gostoleve.com

Related posts

  • Kal-El Greg

    Eu nunca me senti à vontade pra mostrar meu corpo de graça.

  • MARIANGELA KRAUER

    Pelamor, em que mundo vocês vivem ??? Um mundo de utopia, onde tudo é perfeito e bonitinho ?
    Não há conotação sexual PARA A MULHER mas para o HOMEM há SIM e isso é INEGÁVEL. Precisa ser cega ou nunca ter amamentado ou então gostar de ver o circo pegar fogo para escrever que é ótimo amamentar em público.
    Todas as minhas amigas também acham o mesmo que eu:
    É muito desagradável amamentar em lugares públicos e ver homens desconhecidos olhando com tesão para você. É muito desagradável ser abordada por homens desconhecidos que dizem: “pode amamentar, viu ? não precisa ficar com vergonha” quando a criança nem está precisando mamar. É uma intromissão inadequada na sua vida mas acontece.
    Só as histriônicas acham legal serem olhadas e notadas desse jeito.
    Não deveríamos ter esse problema MAS TEMOS e isso não vai mudar com campanhas utópicas que no final só servem para tirar a responsabilidade das empresas de dispor de locais adequados para amamentação. “Amamenta aí mesmo” ouvi outro dia em um shopping de cidade do interior ao perguntar da sala de amamentação que ANTES EXISTIA.
    E, além disso, não temos segurança pública neste país, com o tanto de maluco e criminoso pelas ruas, há risco SIM no ato de amamentar em público. Vai que um doido resolve te seguir.
    Além de tudo isso, eu, como mãe, acho horroroso e primitivo: só vaca amamenta no pasto.