Por que as mulheres ficam malucas na TPM ?

Estava me lembrando outro dia quando foi a primeira vez que me dei conta de que havia menstruação no mundo. Eu havia assistido pelos meus 10 anos de idade o filme “Lagoa Azul”. Adorava ver a Brokie Shields descobrir a si mesma numa ilha perdida ao lado daquele rapaz.

Quando ela mostrar os dentes, corre meu amigo!

Eu não entendia na época, assim como os personagens, o que era aquele sangramento que tanto os desesperou.

O tempo passou e notei que algo acontecia na vida das mulheres à minha volta que tornava tudo um pouco mais difícil de lidar.

Ao entrar num relacionamento amoroso constatei que de fato, pelo menos uma vez por mês durante alguns dias as mulheres ficam fora de si mesmas. Fora ou dentro demais de si mesmas.

Já vi choros, gritos, depressões, angústias, carências, medos até delírios sob a explicação pura e simples: é TPM.

Pesquisei os efeitos dos hormônios sobre o cérebro feminino e percebi que realmente o período pré-desistência-biológica-da-maternidade pode afetar seriamente o comportamento de uma mulher.

Mas algo me deixa intrigado.

Da mesma forma que uma pessoa bêbada libera seus impulsos represados sob efeito do álcool, eu comparo a TPM a uma embriaguez hormonal. Ela fica tomada por químicos que liberam e evidenciam estados emocionais que até então eram latentes.

O que me leva a pensar que o problema do que acontece na TPM, assim como na embriaguez, não é a possibilidade de reações intensas, mas o conteúdo disso.

Se uma mulher se torna insanamente agressiva durante a TPM e despeja em outra pessoa aquela brutalidade, concluo que a raiva já estava ali, em algum lugar esperando a hora de sair.

Sob os efeitos dos hormônios o que ocorre é simplesmente a liberação do constrangimento racional. Agora a mulher tem duas “vantagens” para si mesma: o efeito real de hormônios e um bom álibi.

O bêbado pode perder o controle de sua racionalidade com uma dose de whisky, mas o que ele faz dali para frente não será algo que estaria fora de seu comportamento sóbrio. Ninguém mata só porque está bêbado. As declarações de amor de um bêbado nunca atingem o alvo errado.

O mesmo penso da TPM, ela não desobriga a mulher de saber das consequências de suas atitudes. O que acontece é que qualquer coisa que fizer tem uma boa razão: “tô menstruada!”. Carta branca para o que quiser…

O que fazer, então, já que a mulher está possuída por um outro ser?

Na hora da TPM? Nada, absolutamente nada, só rezar.

Mas antes da TPM, treinar sua mente para que não acumule nada que venha a ser matéria-prima para descargas intensas.

Se sua TPM é raivosa, desative as bases de sua raiva. Se é carente exercite segurança e confiança. Se é depressiva treine entusiasmo e brilho nos olhos.

Não deixe para fazer durante a TPM o que lhe cabe fazer na época que está em sã consciência.

Seus namorados, maridos e amigos vão agradecer. 🙂

Se tem alguma dúvida do que uma mulher é capaz, segue o vídeo!

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PgW_DfpiEe0&feature=player_embedded]

________________________________________________

Artigos relacionados  

7 erros que toda mulher linda, inteligente e sensível comete para ficar solteira!

Como descobrir se um homem vai tratar bem de você depois de casar!

39 itens do seu checklist amoroso

Guerreiro sábio – Homem do terceiro estágio

“Isso nunca aconteceu comigo” – Broxar parte 2 de 2

Amor profundo

Energia feminina

Energia masculina

O ganharao – Homem do primeiro estagio

O sensível – Homem do segundo estágio

A Amélia – Mulher do primeiro estágio

A Guerreira – Mulher do segundo estágio

Plena – Mulher do terceiro estágio

About the author

Sonhador nato, psicólogo provocador, apaixonado convicto, escritor de "Como se libertar do ex" e empresário. Adora contar e ouvir histórias de vida. Nas demais horas medita, faz dança de salão e lava pratos.

Related posts

  • Pingback: “Como Walt Disney f*#@u a minha vida” « Sobre a Vida()

  • Eduarda Couto

    Adoro seus artigos. Sempre muito confortantes e esclarecedores, mas esse, especialmente não… Mulheres na TPM muitas vezes estão totalmente fora da sua razão, não reconhecem os sentimentos dessa fase quando ela acaba. Eu tenho o hábito de escrever o que sinto na TPM, e 3 dias depois ao ler, não me reconheço… Não é bem assim, controlável. Não basta respirar fundo, meditar e querer sentir de outra maneira, é edema cerebral!

  • Fernanda Chagas

    Esse texto me deu um sono na TPM até… pelo amor de deus, um homem querendo esclarecer TPM. Tu não entendia, ainda não entende, e vai continuar sem entender porque tu não vive isso. “O que fazer, então, já que a mulher está possuída por um outro ser?” Patético

    • Byl David

      A professora poderia me esclarecer; se fosse a Mariazinha assinando o texto o ataque pessoal seria do tipo “agrada-macho”!?

  • Byl David

    Vc só errou numa coisa, qualquer um pode ser atingido, não só homens. Pode ser outra mulher, crianças, animais domésticos. Não é um ataque ao sexo oposto.