7 coisas que revelam a infantilidade de uma mulher – parte 1 de 2

É muito comum entre as mulheres falarem mal dos homens como se fossem frios e insensíveis ou emocionalmente imaturos.  Toda vez que escrevo sobre a imaturidade masculina os comentários são sempre de apoio.

Hoje herói, amanhã vilão

 Mas acho bem fácil jogar contra um time tipo café-com-leite. Homens pouco conscientes das suas emoções ficam rendidos numa teia difícil de escapar diante de qualquer mulher.

Ela está por todos os cantos maquiada de maturidade e dizendo que os homens são canalhas e sem coração. Ela pode passar uma vida inteira alegando isso, mas a realidade é que ela própria está perdida em emoções infantis e exigências irreais. Mas como não tem um parceiro mais maduro (que a desmascare) ela pode patinar nessa atitude mimada por muito tempo.

Agora vou descrever os 7 principais sinais que distinguem uma mulher emocionalmente imatura.

1. Só ela sabe sobre relacionamento e ele está sempre errado

Mulheres são treinadas desde cedo para construir relacionamentos. Os homens são criados para fazer negócios. No entanto, isso não implica que ela saiba sustentar relacionamentos maduros.

Cegos, surdos e mudos

Ela apenas sabe dar os primeiros passos para conquistar um homem, assim como o Don Juan, ela não sabe o que fazer depois do primeiro encontro.

O traço fundamental da mulher imatura é culpar o homem pelo que é responsabilidade mútua do casal.

Como é um traço cultural culpabilizar o homem e vitimizar a mulher é natural que diante de um problema de relacionamento ele saia como vilão e ela como a donzela humilhada.

No começo do relacionamento ele era o salvador que iria apagar as imagens ruins do passado. Com o tempo ele passa a ser aquele que não a entende em profundidade. Ele passa a se sentir fracassado e lentamente vai recuando sob as acusações daquela mulher ressentida que reivindica mais amor.

2. Só ela compreende e ele está sempre bravo

É comum a mulher assumir o papel daquela que está sempre disponível para conversar sobre o relacionamento e ele sempre fugindo de assuntos mais densos.

O tempo do relacionamento revela uma mulher cheia de exigências cada vez mais impossíveis de cumprir. Ela acusa o homem de ser incapaz de proporcionar toda a atenção e carinho que ela deseja. Mas ela nunca expressa a raiva abertamente, a não ser por indiretas e provocações.

Quando ele se descontrola ela evidencia chorando o quão nervoso ele está. Isso aumenta ainda mais a sensação de culpa dele. Ela nega sua própria raiva e a projeta sobre este homem.

3. Só ela se preocupa, ama e é compassiva e ele é distante, racional e egocêntrico

O desejo da mulher de proximidade é infinito, não importa o quanto receba amor e atenção nada é o suficiente.

Só ela é boa

Com o tempo esse homem vai se sentindo diminuído na relação e ela assume um ar de superioridade. Afinal ela é tão disponível e generosa e ele sempre atarefado.

Quanto mais ele tenta suprir seus desejos e anseios mais frustrado fica. Se não tenta será acusado de negligente e distante.

O pior é que ele sempre age com a vã esperança de que se um dia der tudo à essa mulher a fará feliz.

Amanhã falarei sobre outras 4 caraterísticas que evidenciam a infantilidade de uma mulher. Por favor, mulheres comecem as pedradas ou aquele silêncio envergonhado.

___________________

Artigos relacionados 

“Ele me deixou e não deu explicações”

Tomei um pé na bunda! 

Eu tenho medo de me apaixonar

Você nunca mais vai amar do mesmo jeito

Por que meu relacionamento acabou?

Amor profundo

Todo amor é platônico

As várias máscaras do amor

Como exorcizar da sua vida alguém que se relacionou amorosamente?

Amor e histórias inacabadas

Coisas estúpidas que uma mulher pode fazer por um homem

8 sinais do término de um relacionamento amoroso

3 vilões dos relacionamentos: carência

3 vilões dos relacionamentos: apego

3 vilões dos relacionamentos: jogos de poder

Dificuldade em perdoar

“Você não vale nada mas eu gosto de você!”

Como funciona a química de um relacionamento amoroso

Tags :

About the author

Sonhador nato, psicólogo provocador, apaixonado convicto, escritor de "Como se libertar do ex" e empresário. Adora contar e ouvir histórias de vida. Nas demais horas medita, faz dança de salão e lava pratos.

Related posts

  • M.M.

    Olha, não sei quais serão as reações das mulheres… mas eu encherguei muito bem minha ex mulher com quem convivi por muitos anos. Ela é exatamente o que está escrito. Estou ansioso para ver a segunda parte.

  • V.

    Ansiosa pela parte 2-2! Sem silencio envergonhado nem pedradas (em vc!)… duras verdades ditas de forma tranquila e suave: tapa com luva de pelica, eu diria! Que venha o restante…

  • celia torres

    Eu me considero uma mulher que tem muita energia masculina,sempre acho que nós mulheres gostamos de ser quase sempre a coitadinha.

  • Artur de Figueiredo

    Um dos melhores artigos que eu li nos últimos tempos. Eu fui maduro, cutuquei, parei de aceitar humilhações, imposições e hoje, ela terminou comigo. Existem muitos tabus, até certo exagero de proteção sob a imagem da mulher. Quando querer ser ruins, são tão canalhas quanto qualquer cara boêmio e dissimuladas, como verdadeiras atrizes.

    • Meiriele Ramos Ocwiecinsky

      Você está certo, ninguém foi feito para ser humilhado, diminuído

  • Meiriele Ramos Ocwiecinsky

    Melhor artigo, parabéns!

  • Ailton Junior

    cade link pra segunda parte?

  • Andre Luiz Reis

    Cadê a segunda parte

  • Artigo show, vou recomendar pra todo mundo. Quem sabe aí a mulherada pára de molecagem e passa a agir feito adultas.